Geriatria. Nutrologia. Ortomolecular.

Calda de cacau com açúcar mascavo

Você sabia que a vontade de comer doces não é apenas uma tentação? tem uma explicação fisiológica! O açúcar é o alimento dos neurônios, as células cerebrais. Depois do almoço ou jantar, a vontade de comer doces cresce porque os alimentos mais pesados demoram a ser processados, e o corpo continua com fome. A lembrança ou a visualização de algo gostoso aumenta ainda mais esse desejo. Uma dica é ingerir uma fruta pouco antes das refeições. Quando caem no sangue, os doces produzem um pico de insulina. E logo vem aquela sensação de energia, mas em pouco tempo a fome volta. Nessa hora, se a pessoa não tomar cuidado, pega mais um bombom ou algo do gênero. E é assim que o pâncreas se acostuma a produzir altos níveis de insulina. Para ajudar a não exagerar, aí vai uma dica de doce um pouco mais saudável. Aproveite!

Calda de cacau com açúcar mascavo

Ingredientes
1 colher de sopa de cacau em pó (puro)
2 colheres de sopa de açúcar mascavo
1/2 xícara de água (ou chá de erva cidreira ou erva doce)
1 banana

Modo de preparo
Leve todos os ingredientes ao fogo, em uma panela pequena. Cozinhe até virar uma cada (poucos minutos). Descasque a banana, corte-a em rodelas, e leve-a ao forno por 15 a 20 minutos. Após retirar a banana, coloque a calda por cima.

Serve 1 pessoa e também pode ser consumida com frutas secas.

Calorias totais: 186 kcal.

Sobre o Autor:

Yara Dantas

Deixar Um Comentário