Geriatria. Nutrologia. Ortomolecular.

Calor e alimentação: cuidados para os dias quentes

Começou o verão! Moramos em um país tropical no qual não é raro os termômetros ultrapassarem os 30°C. E como cuidar da alimentação com essas temperaturas altas? Aí vão algumas dicas para não marcar bobeira!

– Pegue leve! Tempo quente pede uma alimentação mais suave. Evite exagerar na feijoada e nos alimentos muito gordurosos

– Hora da salada: Abra sua cabeça para além do alface + tomate + pepino. Eles são ótimos, é claro, mas você pode explorar uma grande quantidade de outras folhas e vegetais. Além disso, acrescente outros alimentos leves para deixar o prato ainda mais nutritivo, como frango grelhado em tiras ou mesmo grãos. Feijão, grão de bico, lentilha e soja também ficam ótimos na salada!

– Atenção à geladeira: No calor, os alimentos tendem a estragar mais rápido. Planeje as quantidades das suas compras, para que os alimentos não estraguem, e leve as frutas à geladeira.

– Frutas: Você pode comê-las ao natural e também consumi-las como sucos. Mesmo que o processamento impacte nas fibras, o valor nutricional permanece – as vitaminas e outros nutrientes estão presentes nos sucos e são importantes para sua saúde. Se fizer seu próprio suco, evite coar e remover o bagaço das frutas. Para os momentos em que é preciso praticidade, aposte nas versões em caixinha. O segredo é manter o equilíbrio entre todas as opções e atender a sua rotina.

– Betacaroteno: Muita gente aposta nos alimentos de cor laranja, que contêm betacaroteno, para “turbinar o bronzeado”, mas é importante saber que a substância confere uma coloração passageira à pele – e é preciso sempre tomar muito cuidado com a exposição ao Sol. Protetor solar sempre! Um benefício muito mais bacana do betacaroteno é que ele participa da produção de vitamina A no corpo, super importante para a saúde dos olhos, por exemplo.

– Aproveite alimentos crus: Algumas vitaminas podem ser solúveis em água ou muito sensíveis ao calor. Assim, o cozimento dos alimentos pode remover algumas propriedades nutricionais. No calor, é mais fácil consumir pratos crus, então aproveite o melhor das vitaminas!

Sobre o Autor:

Yara Dantas

Deixar Um Comentário