Geriatria. Nutrologia. Ortomolecular.

O poder da vitamina C

A vitamina C é um dos nutrientes mais popularmente reconhecidos pelos seus benefícios para a saúde. Muitas pessoas tomam suplementos da vitamina, sobretudo durante o inverno ou quando sofrem com gripes e resfriados, devido aos benefícios da vitamina para o sistema imunológico e para o alívio dos sintomas dessas doenças.
Além de potencializar a saúde de um modo geral em virtude de seu efeito antioxidante, a vitamina C ainda possui funções que podem auxiliar na perda de peso e no ganho de massa muscular. Desde que feita com as quantidades corretas, a suplementação pode ser benéfica, ainda que seja desnecessária para a maior parte das pessoas.
Propriedades Antioxidantes
Através dessas propriedades, a vitamina C é capaz de diminuir ou neutralizar os efeitos dos radicais livres, que provocam danos em diversas estruturas responsáveis por muitas doenças crônicas e degenerativas, como o câncer ou o mal de Alzheimer.

Proteção contra Doenças Cardiovasculares
A vitamina C trabalha contra o acúmulo de colesterol nas artérias, de modo que a arteriosclerose e a hipertensão arterial são evitadas ou aliviadas por níveis saudáveis de vitamina C. Por isso, o seu consumo diminui dramaticamente o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como o temido infarto do miocárdio.

Saúde Ocular
Os olhos são especialmente beneficiados pela proteção da vitamina C, cujas propriedades antioxidantes evitam doenças como a catarata.

Pele, Cabelo e Unhas
A degradação da pele é retardada por níveis saudáveis de vitamina C, de modo que as rugas demoram mais a aparecer. Como a vitamina C é capaz de aumentar a produção de colágeno, uma pele tonificada é um efeito direto de níveis saudáveis de vitamina C. Ela ainda é responsável pela produção de proteínas importantes para o cabelo e para as unhas.

Sistema Imunológico
Suas funções na manutenção de um sistema imunológico forte são importantíssimas.

Combate aos Efeitos do Stress
Acredita-se que a vitamina C é capaz de provocar uma diminuição nos níveis de cortisol, hormônio que é estimulado pelo estresse e que é responsável por muitos de seus efeitos nocivos.

Sobre o Autor:

Yara Dantas

Deixar Um Comentário