Geriatria. Nutrologia. Ortomolecular.

Tudo o que você precisa saber sobre a Dieta Mediterrânea

Perder peso e comer alimentos deliciosos, que irão te deixar saudável é o que promete a Dieta Mediterrânea. Estudos consideram que ela é a mais saudável para o coração. Segundo pesquisadores da Universidade de Barcelona, o programa alimentar poderia evitar cerca de 30% das mortes por ataque cardíaco, derrames e doenças cardiovasculares em geral. Mas você sabe como funciona essa dieta funciona? Confira nossas dicas e aproveite!

Adeus aos industrializados
A dieta mediterrânea privilegia alimentos frescos in natura e descarta os industrializados.

Peixes
Eles são importantíssimos, mas não é qualquer peixe. Os cientistas recomendam consumir de três a quatro porções semanais de pescada, tilápia, sardinha e salmão grelhados ou no forno. Peixe frito não vale!

Frutas e vegetais
Para manter suas propriedades nutricionais, procure preparar os legumes no vapor. A salada verde é amiga da dieta mediterrânea e pode fazer parte do almoço e do jantar. Já as frutas podem substituir a sobremesa e fazer parte do lanche da manhã ou da tarde.

Gorduras do bem
Rico em antioxidantes, benéficos para a saúde do coração, o azeite extravirgem deve temperar saladas e peixes diariamente, mas exagerar também não faz bem. Os especialistas afirmam que o consumo de duas colheres de sopa de azeite, todos os dias, é suficiente para absorver o que o alimento tem de melhor e manter o corpo em forma.

Castanhas
A dieta mediterrânea também inclui, diariamente, um punhado de nozes, castanhas e amêndoas. Elas promovem sensação de saciedade, evitando o exagero de comida em outras refeições, e ainda são ricas em substâncias que controlam os níveis de colesterol.

Grãos integrais
Os grãos integrais são essenciais nas refeições da dieta mediterrânea. Proteínas vegetais, também são fontes de substâncias benéficas para o organismo. Porções de lentilha, feijões, grão de bico e soja devem fazer parte da rotina diária.

Laticínios
Iogurte, leite e queijos devem fazer parte do cardápio diário. Dê preferência ao queijo branco, leite semi desnatado e iogurte natural.

Vinho
Para os pesquisadores, uma taça diária de vinho tinto completa o cardápio poderoso da dieta mediterrânea. A bebida é rica em polifenóis e resveratrol, substâncias que também protegem o coração.

Sobre o Autor:

Yara Dantas

Deixar Um Comentário