Geriatria. Nutrologia. Ortomolecular.

Os idosos e a diabetes

O diabetes é uma doença comum durante o envelhecimento. Isso decorre do estilo de vida sedentário e das alterações próprias do processo. Dentre elas, o aumento da resistência à insulina, devido à redução da massa muscular, e a redução da função do pâncreas. Quando falamos em diabetes no paciente idoso, é preciso lembrar que alguns desenvolveram a doença ainda na idade de adulto jovem e outros já na idade superior a 65 anos. E que essa é uma população heterogênea, ou seja, um idoso é muito diferente do outro: alguns são funcionais, já outros são frágeis, dependentes. Além disso, são diferentes também nos aspectos sociais, culturais e nas suas crenças. Todos esses fatores dificultam a definição de diretrizes de tratamento das doenças crônicas, como o diabetes. É preciso que anualmente seja realizada a avaliação geriátrica ampla do idoso, instrumento esse que permite a avaliação de diversos aspectos da saúde e da sua funcionalidade. Tendo melhor conhecimento do indivíduo, o médico poderá individualizar o seu tratamento, buscando sempre adicionar vida aos anos e não anos à vida.

Sobre o Autor:

Yara Dantas

Deixar Um Comentário